quinta-feira, 31 de outubro de 2013

SESSÃO CAPAS E PÔSTERES

A capa que reproduzimos abaixo pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 163 de 03 de julho de 1973.
Já o pôster foi publicado na revista Amiga TV Tudo – Especial Álbum de Ouro de agosto de 1975.
Boa diversão!



SESSÃO FOTO QUIZ

A foto da semana passada pertence ao ator Cecil Thiré.
Agora tentem descobrir quem é a garotinha fofa da foto.
Eis algumas dicas:
1) Essa famosa atriz nasceu no Rio de Janeiro em 1922.
2) Estreou em telenovelas em Sangue do Meu Sangue, na TV Excelsior, no ano de 1969.
3) Participou de novelas como: Uma Rosa com Amor e Sassaricando, na Rede Globo e Kananga do Japão, na Rede Manchete.
Boa diversão!


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

SESSÃO SAUDADE - CARLOS AUGUSTO STRAZZER

A primeira imagem que nos vem à mente quando falamos em Carlos Augusto Strazzer, o homenageado dessa semana, é de sua interpretação de Albertinho Limonta na novela O Direito de Nascer, segunda versão da Rede Tupi, apresentada no ano de 1978.
Mas ele já brilhava na TV muito antes disso.
Depois do fim da querida Tupi, perambulou em emissoras como a Manchete e a Globo, sempre a demonstrar o grande talento que possuía e uma imagem que encantava a todos.
Infelizmente, ele se foi muito cedo, deixando um vazio na teledramaturgia brasileira.
Para saber mais sobre sua carreira, favor acessar: http://www.museudatv.com.br/biografias/Carlos%20Augusto%20Strazzer.htm.
Obrigado, Carlos Augusto, por sua fulgurante e breve passagem artística por aqui!
Descanse em paz!
Com o objetivo de homenageá-lo, apresentamos abaixo dois vídeos.
No primeiro, vemos sua atuação na novela O Profeta, que protagonizou na Rede Tupi, entre os anos de 1977 e 1978.
Para saber mais sobre essa novela, favor acessar: www.teledramaturgia.com.br/tele/profeta77.asp.
No segundo, o vemos em ação ao lado de Reneé de Vielmond na minissérie Moinhos de Vento, apresentada pela Rede Globo no ano de 1983.
Para saber mais sobre ela, favor acessar: www.teledramaturgia.com.br/tele/moinhos.asp‎.


PRIMEIRO VÍDEO





SEGUNDO VÍDEO

 

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=yoHvGhFP3-k

SESSÃO HUMOR

DIFERENÇA ENTRE MÃE E SOGRA

Duas distintas senhoras encontram-se após um bom tempo sem se verem. Uma pergunta à outra:
— Como vão seus dois filhos... a Rosa e o Francisco?
— Ah! querida... a Rosa casou-se muito bem. Tem um marido maravilhoso. É ele que levanta de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, faz o café da manhã, arruma a casa, lava as louças, recolhe o lixo e faz a faxina. Só depois é que sai para trabalhar, em silêncio, para não acordar a minha filha. Um amor de genro! Benza-o, ó Deus!
— Que bom, heim amiga! E o seu filho, o Francisco? Casou também?
— Casou sim, querida. Mas tadinho dele, deu azar demais. Casou-se muito mal... Imagina que ele tem que levantar de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, fazer o café da manhã, arrumar a casa, lavar a louça, recolher o lixo e ainda tem que fazer a faxina! E depois de tudo isso ainda sai para trabalhar em silêncio, para sustentar a preguiçosa, da minha nora.

Fonte: http://www.osvigaristas.com.br/piadas/diferenca-entre-mae-e-sogra-12821.html.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

SESSÃO REMAKE MUSICAL - A MINHA PRECE DE AMOR - CLÁUDIA BARROSO

A canção A Minha Prece de Amor, originalmente interpretada por Nilton César, é apresentada no vídeo abaixo por Cláudia Barroso. Infelizmente, não conseguimos identificar quem declama a parte falada da música. Ficamos devendo. Se alguém que vir essa postagem tiver essa informação, favor nos repassar via email do blog.
Boa diversão!


Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=lwKfYOuDSqs

LETRA

A MINHA PRECE DE AMOR

Meu amor, não deixe o nosso amor entristecer
porque não pode um grande amor enfraquecer.
Eu deixei nas tuas mãos os sonhos meus
e de ti não quero ouvir nenhum adeus.

E foi num mundo de muita violência e tão pouco amor,
onde eu não reconheço mais meu pai, nem minha mãe
e vejo nos olhos do meu irmão tanto medo,
no sorriso do meu vizinho tanta desconfiança
e nos gestos do inimigo tanto rancor e nenhum perdão...
Foi num mundo de muitos deuses e poucas crenças,
muita ciência e pouca humildade,
mundo de grandes e pequenos, fortes e fracos, ricos e pobres...
Foi num mundo como esse que eu te encontrei e te amei
e quero fazer de ti a minha mulher.

Vem e põe em minhas mãos o coração.
Eu te dei e quero ter o teu perdão.
Faz do amor que existe em nós amor sem fim.
Paz na terra a quem amou assim!

Link: http://www.vagalume.com.br/altemar-dutra/a-minha-prece-de-amor.html#ixzz2iM4lxRun