quarta-feira, 27 de abril de 2016

SESSÃO SAUDADE - JOVELINA PÉROLA NEGRA

O samba brasileiro tem em seu rol muitas intérpretes de grande valor como: Clementina de Jesus, Clara Nunes, Alcione, dentre outras.
Nossa homenageada dessa semana merece estar nessa lista. Trata-se de Jovelina Pérola Negra.
Herdeira de Clementina de Jesus, como ela, também possuía uma voz rouca e de grande potência.
Grato, Jovelina, por suas grandes interpretações que marcaram o mundo do samba!
Para maiores informações sobre essa artista, favor acessar: http://www.dicionariompb.com.br/jovelina-perola-negra/biografia.
Descanse em paz!
Para homenageá-la, relembramos dois de seus grandes sucessos: Na Feirinha da Pavuna e O Bagaço da Laranja (em dueto com Zeca Pagodinho).

PRIMEIRO VÍDEO

video


LETRA

FEIRINHA DA PAVUNA

Na feirinha da Pavuna
Houve uma grande confusão
Na feirinha da Pavuna
Houve uma grande confusão
A Dona cebola que estava envocada
Ela deu uma tapa no Seu pimentão
A Dona cebola que estava envocada
Ela deu uma tapa no Seu pimentão
Seu tomate cheio de vergonha
Ficou todinho vermelho
E falou assim:
- "Eu também faço parte do tempero" Bis
Seu pepino que estava no canto
Deu uma pernada em Dona melancia
Dona abóbora muito gorda
Nem do canto ela saía
Vou chamar Seu delegado que é
O Seu jiló para amargar
E falou para todo mundo:
- "Acho bom isso acabar" Bis


SEGUNDO VÍDEO

video


LETRA

O BAGAÇO DA LARANJA

Fui num pagode acabou a comida
Acabou a bebida acabou a canja
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Me disseram que no céu a mulher do anjo é anja
Eu já disse à você
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Vou engomar meu vestido toda enfeitado da franja
Eu falei pra você
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Eu te dou muito dinheiro e tudo você esbanja
Eu já disse à você
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Olha lá seu coronel, o soldado que é peixe se enganja
O que sobrou pra mim?
O bagaço da laranja
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Toma cuidado pretinha, que a polícia já te manja
Eu já disse a você
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Sobrou pra mim o bagaço da laranja
Não lhe dou mais um tostão, vê se você se arranja
Eu falei pra você

2 comentários:

  1. É muito bom recordar essa grande sambista, amei ouvir esses sambas! Merecida homenagem!

    ResponderExcluir