quarta-feira, 19 de agosto de 2020

SESSÃO SAUDADE - TRINI LOPEZ

Existem cantores que são marca registrada de determinada época.
Dentre os cantores marcantes da década de 60, está o nosso homenageado de hoje: Trini Lopez.


Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/f/fd/Aankomst_Trini_Lopez_op_Schiphol_voor_bijwonen_Grand_Gala_du_Disque_Aankomst_T%2C_Bestanddeelnr_915-6212_%28cropped%29.jpg/200px-Aankomst_Trini_Lopez_op_Schiphol_voor_bijwonen_Grand_Gala_du_Disque_Aankomst_T%2C_Bestanddeelnr_915-6212_%28cropped%29.jpg

Cantor e ator americano de origem mexicana, celebrizou-se por sempre interpretar músicas de ritmo dançante e tornou-se um dos cantores mais marcantes dos anos 60.
Infelizmente, a poucos dias, ele faleceu, deixando um vazio no mundo da música.
Obrigado, Trini Lopez, por sua carreira musical tão marcante!
Descanse em paz!
Para saber mais sobre este artista, favor acessar: https://pt.wikipedia.org/wiki/Trini_Lopez.
Com o objetivo de homenageá-lo, reproduzimos abaixo uma das músicas que ganharam uma interpretação inesquecível deste intérprete: La Bamba.



LETRA

LA BAMBA

Compositor: Ritchie Valens

Para bailar la bamba
Para bailar la bamba
Se necesita
Una poca de gracia
Una poca de gracia
Y otra cosita

Ay, arriba
Ay, arriba
Ay, arriba
Por tí seré
Por tí seré
Por tí seré

Yo no soy marinero
Yo no soy marinero
Soy capitán
Soy capitán
Soy capitán

Bamba, bamba
Bamba, bamba
Bamba, bamba

De todos los colores
De todos los colores
Me gusta el verde
Porque las esperanzas
Porque las esperanzas
Nunca se pierden

Más, ay, arriba
Ay, arriba
Y arriba, yo iré
Yo no creo en fronteras
Yo no creo en fronteras
Ya cruzaré
Ya cruzaré
Ya cruzaré

Bamba, bamba
Bamba, bamba

TRADUÇÃO

A BAMBA

Compositor: Ritchie Valens

Para dançar a bamba
Para dançar a bamba
É preciso
Um pouco de graça
Um pouco de graça
E outra coisinha
Ai, vamos lá
Ai, vamos lá
Ai, vamos lá
Por você serei
Por você serei
Por você serei

Eu não sou marinheiro
Eu não sou marinheiro
Sou capitão
Sou capitão
Sou capitão

Bamba, bamba
Bamba, bamba
Bamba, bamba

De todas as cores
De todas as cores
Gosto do verde
Porque as esperanças
Porque as esperanças
Nunca se perdem

Mas, ai, vamos lá
Ai, vamos lá
E vamos lá, eu irei
Eu não acredito em fronteiras
Eu não acredito em fronteiras
Já cruzarei
Já cruzarei
Já cruzarei

Bamba, bamba
Bamba, bamba

3 comentários:

  1. Não me lembrava dele..bela homenagem!

    ResponderExcluir
  2. Só conhecia a música...

    ResponderExcluir
  3. Gostava das canções dançantes desse cantor. Traziam alegria para quem ouvia.
    Não sabia que faleceu recentemente. Triste!
    Merecida homenagem!

    ResponderExcluir