quarta-feira, 20 de agosto de 2014

SESSÃO SAUDADE - SECOS E MOLHADOS

Houve época em que certos artistas além de cantarem, executavam performances fantásticas em cima de um palco ao executarem seus números.
É o caso do grupo que homenageamos hoje: Secos e Molhados.
Composto, inicialmente, por João Ricardo, Ney Matogrosso e Gérson Conrad, o trio emplacou sucessos como: O Vira, Sangue Latino, Flores Astrais e Rosa de Hiroshima, dentre outros.
Para saber mais sobre Secos e Molhados, favor acessar: http://www.letras.com.br/#!biografia/secos-e-molhados.
Obrigado, Secos e Molhados, pelas apresentações, letras e músicas que arejaram a nossa música popular.
Com o objetivo de homenageá-los, reproduzimos abaixo três de seus sucessos: Sangue Latino, de 1973; Flores Astrais e O Vira, de 1974.
Boa recordação!

PRIMEIRO VÍDEO

video

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=-zLicyzaH5A

LETRA

SANGUE LATINO

Jurei mentiras e sigo sozinho, assumo os pecados
Os ventos do norte não movem moinhos

E o que me resta é só um gemido
Minha vida, meus mortos, meus caminhos tortos,
Meu sangue latino, minha alma cativa

Rompi tratados, traí os ritos
Quebrei a lança, lancei no espaço
Um grito, um desabafo

E o que me importa é não estar vencido
Minha vida, meus mortos, meus caminhos tortos,
Meu sangue latino, minha alma cativa


SEGUNDO VÍDEO

video


LETRA

FLORES ASTRAIS

Um grito de estrelas vem do infinito
E um bando de luz repete o grito
Todas as cores e outras mais
Procriam flores astrais
O verme passeia na lua cheia


TERCEIRO VÍDEO

video


LETRA

O VIRA

O gato preto cruzou a estrada
Passou por debaixo da escada.
E lá no fundo azul
na noite da floresta.
A lua iluminou
a dança, a roda, a festa.

Vira, vira, vira
Vira, vira, vira homem, vira, vira
Vira, vira, lobisomem
Vira, vira, vira
Vira, vira, vira homem, vira, vira

Bailam corujas e pirilampos
entre os sacis e as fadas.
E lá no fundo azul
na noite da floresta.
A lua iluminou
a dança, a roda, a festa.

Vira, vira, vira
Vira, vira, vira homem, vira, vira
Vira, vira, lobisomem
Vira, vira, vira
Vira, vira, vira homem, vira, vira

Bailam corujas e pirilampos
entre os sacis e as fadas.
E lá no fundo azul
na noite da floresta.
A lua iluminou
a dança, a roda, a festa.

Vira, vira, vira
Vira, vira, vira homem, vira, vira
Vira, vira, lobisomem
Vira, vira, vira
Vira, vira, vira homem, vira, vira

Fonte: http://letras.mus.br/secos-molhados/70264/

2 comentários:

  1. Que legal rever esse grupo! Gostei muito dos vídeos. Merecida homenagem!

    ResponderExcluir
  2. Que saudade! Gostava muito!

    ResponderExcluir